PET
HDPE
PVC
LDPE
PP
PS
AÇO INOX
ALUMÍNIO
LATÃO
COBRE
BRONZE
 
PAPEL
PAPELÃO
APARAS
OUTROS
 
 
 
RESÍDUOS
OUTROS
 
 
   
Home Empresa Serviços Produtos Parceiros Contato
linha caminhao

TECIDOS RECICLAGEM

Existem vários processos de reciclagem, como exemplo, o plástico (sacolas plásticas), papel, vidros, alumínio, entre outros. O processo de reciclagem ocorre também com o tecido.

Sabe-se que no Brasil existem algumas empresas que reciclam tecidos. Normalmente estas empresas compram resíduos de tecidos já separados por cor. O processo de reciclagem do tecido é feito da seguinte maneira:

a) máquina trituradora (rasga o tecido em vários pedacinhos até quase se desmanchar, ficando sem fibra)
b) adiciona-se poliéster ao tecido em uma nova máquina que mistura os dois produtos formando fibras mistas;
c) maçaroqueira: máquina que enrola a fibra de algodão em uma bobina;
d) filatório: máquina que faz o fio/barbante.

Nota-se que neste processo de reciclagem, o tecido passa a ser novamente a matéria-prima que dá continuidade ao novo processo de industrialização.

O processo de reciclagem do tecido pode gerar benefícios para a empresa e o meio ambiente, mas antes de tudo é necessário analisar o custo de todo este processo e verificar a viabilidade do processo.

CUSTO-BENEFÍCIO DA RECICLAGEM

Todo processo produtivo que gera resíduo pode, muitas vezes, ser reciclado. No caso das indústrias de confecção (as que compram tecidos para a fabricação de um produto), estes resíduos podem ser reciclados, de modo a evitar o entulho na fábrica e melhorar o ambiente de trabalho.

É preciso, antes de qualquer coisa, ser avaliado todo o processo produtivo e verificar onde acontece o maior desperdício e o por que disto. Depois de averiguado este processo, deve-se seguir para a nova etapa, verificar os custos: analisar todo o tempo de separação do resíduo, custo de implantação do processo bem como a compra de lixeirinhos para cada tipo de resíduo gerado na indústria.

O custo maior está na separação do material, afinal, torna-se mais cômodo jogar o resíduo em um lixeiro qualquer e esperar o caminhão de lixo passar. Mas sabe-se que isto não é correto e que necessário se faz a conscientização de todos na separação dos resíduos gerados dentro da empresa.

A relação custo-benefício da reciclagem pode ser positiva ou negativa:

  • será negativa, por exemplo, quando a reciclagem consumir mais recursos naturais do que a produção a partir de matérias-primas não recicladas ou quando o custo operacional de reciclar for muito elevado; existência de empresas recicladoras nas circunvizinhanças do município, devido ao custo de transporte; entre outras variáveis a serem consideradas.

Há muitas vantagens e benefícios para se reciclar um material, pois quando se recicla há menos poluição no ar, na água e no solo. Além disto, há a economia de energia elétrica e matéria-prima, também ajuda a melhorar a limpeza da cidade, gera renda pela comercialização dos recicláveis, além de gerar empregos.

linha2 empilhadeira
Destinação Final e Viabilização de Reaproveitamento de Resíduos Pós-Industriais

Recicla Brasil opera a reciclagem de tecidos e não-tecidos (nonwoven) e pode operar tanto no tratamento de reciclados pós-industrial, tratando e transformando em prensados ou reduzidos e separados para revenda em acordo com a indústria responsável pelo descarte, e viabilizando aplicações rentáveis ou como fornecedor de residuos prensados, picado, ou planificados para a indústria de produtos de reciclagem.

 

Bolsa de Reciclados


A Bolsa de Reciclados RECICLA BRASIL oferece intercambio, compra e venda de Reciclados, incluindo importados.
Basta se cadastrar para poder operar, a consulta livre permite ver as ofertas sem negociar.

icone O selo RECICLA BRASIL assegura o gerenciamento à sustentabilidade corporativa no segmento de reaproveitamento de resíduos pós-industriais, conferindo certificação de origem, materiais, processamento e ingredientes.
> Sucatas plásticos > Sucatas Metais > Sucatas Papéis > Bolsa de Reciclados